logo-atendare

Principais tendências de negócios B2B para 2022

Principais tendências de negócios B2B para 2022

Pesquisas de mercado e tendências são informações importantes para o seu negócio, porque apontam os movimentos futuros do consumidor do mercado. As tendências de mercado podem ser observadas quando há um movimento amplo e um conjunto de pessoas que aderem a um mesmo produto, valor ou ideia.

É importante destacar que as tendências não são baseadas em achismos, mas em coisas que já estão acontecendo hoje e apresentam uma estimativa de crescimento para os próximos anos.

“Não é tanto sobre prever o futuro, e sim sobre ligar os pontos para visualizar o futuro” -Amy Webb

Neste artigo elencamos as principais tendências de negócios para 2022, especialmente para aqueles com vendas B2B, com o objetivo de ajudar a criar o seu planejamento estratégico e definir suas estratégias para o próximo ano!

Porque é importante as tendências estarem mapeadas em seu planejamento

Apesar do cenário incerto causado pela pandemia de covid-19, realizar o planejamento para o próximo ano, pois esse documento ajuda a ter uma visão clara do objetivo do negócio e possíveis caminhos a seguir.

O planejamento pode ser elaborado e definido conforme a definição da empresa, porém é importante considerar algumas dicas para elaborar um plano de ação efetivo no seu negócio, como por exemplo, possuir objetivos e metas e também,  mapear as oportunidades e ameaças.

Por isso é importante acompanhar e conhecer quais são as tendências previstas para o próximo ano, pois são pesquisas que nos trazem resultados que podem ser utilizados no planejamento das ações internas e externas na empresa.

Tendências em tecnologia

As tecnologias estão revolucionando a forma como empresários e diretores se preparam para manter a empresa competitiva no mercado e cada vez estão mais evidentes no meio dos negócios, principalmente quando se trata em facilitar e agilizar o trabalho.

Neste caso entende-se que automaticamente as empresas estão sempre em movimento e as tecnologias em evolução, portanto a transformação digital é uma aliada poderosa na jornada dos negócios.

Maior velocidade de conexão

O 5G, nome dado à quinta geração de redes móveis, pode ser de 10 até 100 vezes mais rápidas na transmissão de dados do que as redes 4G.  De acordo com a Accenture, o tráfego de dados mais rápido, mais confiável e com mais conexões simultâneas beneficia tanto as empresas como a economia.

A capacidade de trafegar dados em altíssima velocidade permite às indústrias monitorar os processos de produção em tempo real, e a partir disso, corrigir gargalos, reduzir os riscos de acidentes,  aumentar eficiência e produtividade e, consequentemente, reduzir custos.

Além disso, a conexão massiva de dispositivos, permite que as fábricas consigam “conectar” diversas unidades de produção, e garantir um processo mais eficiente e produtivo.

Investimento em tecnologias digitais

A pandemia vem influenciando diretamente a forma como estamos trabalhando: cada vez mais digitais, desde a contratação de novos colaboradores até a entrega de um produto ou serviço ao cliente.

De acordo com o estudo da Robert Half, em parceria com o Insper, as empresas vêm aumentando seus investimentos na aquisição, implementação e uso das soluções de computação em nuvem, colaboração virtual e inteligência artificial.

Segundo a pesquisa, as empresas de pequeno porte têm priorizado seus investimentos no desenvolvimento de capacidades digitais: operações, produção e serviços. Já entre as empresas de médio e grande porte, a prioridade é investir em sistemas de gestão empresarial.

Segurança de dados ou Cibersegurança

Os cibercrimes causam prejuízos cada vez maiores às empresas. Apenas neste ano, as perdas globais podem chegar a US$ 6 trilhões – três vezes o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, de acordo com estudo conduzido pela consultoria alemã Roland Berger.

O Brasil tem sido um dos principais alvos globais. Estimativas falam que 50% a 60% dos pequenos e médios negócios sofrem algum tipo de ataque cibernético ou vazamento de dados todos os anos. Outros cálculos vão além: a PSafe, uma das maiores companhias de cibersegurança da América Latina, estima que três em cada quatro empresas tenham tido informações sigilosas roubadas. Além disso, 43% dos ataques cibernéticos miram os pequenos negócios, de acordo com a empresa de cibersegurança Symantec.

Diante disso, as empresas também estão buscando os chamados “hackers do bem”, contratados para simular um ataque. Eles vasculham vulnerabilidades, fazem o acesso e pegam o máximo de dados que conseguem. A partir daí, a empresa tem mapeadas suas fragilidades para poder enfrentá-las.

Tendências de Marketing e Vendas

Tendências de Marketing e Vendas

Por conta de algumas movimentações do mercado, nós já podemos esperar algumas tendências promissoras de marketing e vendas para o próximo ano.

Sim, a transformação digital não é algo do amanhã, é do ontem e precisamos estar preparados para isso.

Cultura Data Driven

Em um cenário cada vez mais competitivo, não existe mais espaço para o “achismo”. Os dados são cada vez mais importantes para orientar a tomada de decisão e o planejamento estratégico de empresas de todos os tamanhos e segmentos.

De acordo com os dados da NewVantage Partners, o investimento em Big Data, inteligência de negócios e outras tecnologias de dados vem crescendo constantemente ano após ano e acelerou ainda mais com a pandemia causada pelo covid-19.

Com o avanço da tecnologia, as empresas agora conseguem coletar, armazenar, analisar um grande volume de dados e a partir dessas informações, responder de forma rápida e eficaz às mudanças no mercado.

Ou seja, a cultura Data Drive basicamente é o planejamento e tomada de decisão baseada em dados, que pode ser utilizado em praticamente todos os departamentos de uma empresa, principalmente no marketing e vendas.

Experiência de compra online e offline

A pandemia fez com que muitas empresas fechassem as portas, passando a atender somente de forma online, em razão das medidas de isolamento social. Diante desse cenário, 47% das pessoas que compraram online em 2020 pela primeira vez.

Esse “novo” cenário exige que as empresas atuem de forma integrada. Com cada vez mais canais de comunicação e vendas, é importante estar onde o consumidor estiver, seja online ou off-line.

Porém é bom lembrar que as estratégias não podem ser as mesmas para todos os canais, pois cada um tem a sua particularidade e, às vezes, um público bem específico.

Comunicação através de vídeos

Do YouTube ao TikTok, os vídeos ganharam muita relevância durante a pandemia e estão em alta nas redes sociais. Pesquisas indicam que nunca os brasileiros consumiram tanto conteúdo em vídeo quanto em 2021.

O próprio Instagram, por exemplo, passou a priorizar os vídeos, ao invés de ser uma rede social focada apenas em imagens, para acompanhar essa tendência que vem crescendo cada vez mais.

Além disso, estudos apontam que os consumidores preferem assistir a um vídeo sobre um produto do que ler sobre ele. Ou seja, vídeos são uma das formas mais eficientes de atrair a audiência, engajá-la e, claro, vender mais.

Por isso, criar vídeos pode ser uma ótima forma de mostrar detalhes do que você está oferecendo, explicar quais são os benefícios e as funcionalidades e como o seu produto ou serviço pode ser utilizado no dia a dia em diversas situações.

Você também pode produzir vídeos de cases,  compartilhando como o seu produto ou serviço  já contribuiu para o sucesso de outras pessoas, aumentando a confiança do potencial cliente.

Influenciadores

Segundo uma pesquisa realizada pela Youpix e Algoritmo COM, 71% das grandes empresas consideram os influencers importantes na estratégia de marketing e vendas. As marcas estão percebendo que apostar em criadores de conteúdo para promover as suas soluções tem muito potencial.

Inclusive,  ultimamente o termo “Creator Economy” vem sendo bastante discutido pelas empresas que, nada mais é do que a capitalização do trabalho de um criador de conteúdo, seja fazendo lives, gravando stories ou até mesmo escrevendo um texto mais elaborado.

O futuro é agora!

Ao longo do artigo, apresentamos várias tendências sobre negócios, marketing e vendas para 2022. Esperamos que esse conteúdo ajude você a criar o seu planejamento estratégico e definir suas estratégias para o próximo ano!

Mas como vimos, a transformação digital e o uso da tecnologia são as chaves para cada uma dessas tendências de negócios em 2022. Sendo assim, apenas aqueles que se adaptam a essas novas mudanças devem garantir o próprio espaço em um mercado mais volátil e conectado do que nunca.

Posts relacionados

Quer receber novidades sobre vendas, marketing e gestão?

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais práticas de mercado para gerar novos negócios.

ANTES DE IR...

Teste o Atendare gratuitamente

Centralize informações, otimize processos e
libere tempo valioso para fechar mais negócios.
Experimente agora!

Atendare